segunda-feira, 4 de abril de 2011

Trabalho x ócio

Esses dias, por motivos de força maior, me peguei pensando sobre o fato de ter que trabalhar. Pra muitos, ter que trabalhar é um esforço cruel. Algo que robotiza a rotina do ser humano e anula todo um leque de possíveis atividades durante o dia. Isso tem seu fundo de verdade.. mas a verdade é que o ócio também não é das melhores coisas.

Sem o trabalho, o ócio torna-se uma verdadeira fonte de depressão e de problemas. Problemas nas coisas mais ínfimas do dia a dia. Enquanto o trabalhador tem que trabalhar e distrair a mente com uma atividade obrigatória, quem vive no ócio não tem nada além de trabalhar a mente nos problemas - e, quando você vê, só tem problemas em uma vida cheia de ócio!

A verdade é que o trabalho seria ótimo se fosse exercido de uma forma equilibrada em nossas vidas. Não em período integral, mas em um horário onde possamos integrar outras atividades igualmente importantes na vida, como atividades físicas, cuidados com a casa, solução de pendências comerciais, etc etc. Eu adoro trabalhar. Me envolver em algo útil, em equipe. Mas não me ponha para trabalhar todos os dias o dia inteiro que eu começo a me sentir um robô da Matrix... sem sentimento, sem família e sem hobbys. É incrível como lá fora você encontra empregos de 2, 3 4 dias por semana, e aqui você não encontra nem meio período.. tá na hora de repensar nossas relações de trabalho, né não?

E tem coisa melhor que um feriado em meio a um dia de trabalho? aaaaaaaahhhhhhhhhhh!
C'es La Vie!
Postar um comentário